terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Merecido

José Mourinho continua a ser o "Special One". Eleito melhor treinador de futebol do ano pela FIFA, na última época conquistou "tudo" ao serviço do Inter de Milão.

“Não sou mais um, penso que sou especial”. Esta é frase que em 2004 lhe valeu a alcunha de “Special One”.
Mourinho junta o prémio FIFA, atribuído pela primeira vez, a muitos prémios, entre os quais melhor treinador, atribuídos por UEFA, Federação Internacional de História e Estatística do Futebol, Itália, Inglaterra e World Soccer.
Esta afirmação, embora arriscada, veio a confirmar as potencialidades de Mourinho, e que Vilarinho um dia não percebeu. Quando a fez era o campeão europeu em título, pelo FC Porto, e ainda só tinha seis dos 17 títulos que viria a conquistar em 10 anos como treinador principal.