sábado, 10 de julho de 2010

Itinerários da Mudança

Falta alma. Falta debate interno ao PS.
Muitos militantes já o haviam dito, muitos outros o irão dizer.
Dito por um militante de base sobre a estratégia política da secção onde milita, ou sobre o rumo governativo do Partido Socialista tem um peso muito relativo, mas dito por Mário Soares toma outra dimensão.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

27º ANIVERSÁRIO DA ASSOCIAÇÃO FILATÉLICA ALENTEJANA

A Associação Filatélica Alentejana (AFA) assinala no próximo sábado, dia 3 de Julho, os seus 27 anos de actividades exposicionais, inaugurando pelas 12 horas, na Sala de Exposições do Centro Cultural Dr. Marques Crespo, em Estremoz, o Salão Filatélico FILAMOZ 2010. Esta Mostra é constituída por 30 participações de um quadro das diferentes classes filatélicas, pertencentes a filatelistas de todo o país, que irão disputar entre si a posse do TROFÉU DR. ANÍBAL QUEIROGA 2010. O vencedor será o expositor que receber mais votos do público. A votação decorrerá entre as 12 e as 13 horas, sendo sorteado um brinde surpresa entre todos os participantes na votação.
No local funcionará também um posto de correio provido de carimbo comemorativo, representando o distinto filatelista eborense Dr. Aníbal Queiroga, já falecido. Será emitido um selo personalizado com o seu busto, desenhado pelo Dr. Jorge Branco e editado um postal máximo triplo, que é simultaneamente um inteiro postal repicado.
Pelas 13 h 30 min terá lugar o almoço comemorativo do 27º Aniversário da AFA, no Até Jazz Café. No final do almoço será entregue o TROFÉU DR. ANÍBAL QUEIROGA 2010, ao respectivo vencedor. Este Troféu, em prata, está neste momento na posse do Dr. Eduardo Barreiros, vencedor do troféu no ano passado com a sua extraordinária participação "The Kionga Territory - Postal History".
Será ainda entregue o TROFÉU AFA PARA 2010 ao associado João Soeiro, que pela sua acção pessoal tem prestado serviços relevantes à Filatelia Portuguesa, contribuindo para o seu desenvolvimento em Portugal e no Estrangeiro. Este Troféu é constituído pelo "PASTOR ALENTEJANO", peça da barrística popular estremocense da autoria das Irmãs Flores.