segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Tito de Morais

Foto: http://titomorais.blogs.sapo.pt
Hoje dia 14 de Dezembro, cumprem-se dez anos da morte de Manuel Tito de Morais (1910-1999), engenheiro, militar e político português.
Tito de Morais iniciou a actividade política na resistência antifascista quando, em 1945, integrou a Comissão Central do Movimento de Unidade Democrática. Condicionalismos políticos levaram-no a passar por vários países, onde na Argélia foi dirigente da Junta de Salvação Nacional e, em Genebra, em 1964, fundou a Acção Socialista Portuguesa, que deu origem ao PS em 1973.
Foi deputado à Assembleia Constituinte em 1975 e à Assembleia da República no ano seguinte. Foi vice-presidente da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa e vice-presidente da Assembleia da República entre 1977 e 1983, ano em que foi eleito Presidente, cargo que desempenhou até 1985.
No 6.º Congresso do Partido Socialista foi eleito para a presidência do partido entre 1986 e 1988.